Encontro de Líderes

“Paulo chamado pela vontade de Deus, para ser apóstolo de Jesus Cristo…” 1 Co 1.1

 A Chamada da genuína liderança cristã vem exclusivamente de Deus. Na obra de Deus ninguém deve querer levantar-se a si mesmo como líder, isto é o que entendemos estudando a Bíblia Sagrada. O Senhor, segundo o beneplácito de Sua Soberana Vontade, tem escolhido e chamado pessoas, de ambos os sexos, para exercerem atividade de Liderança no meio da Igreja. Para consolidar o assunto, mostraremos alguns versículos bíblicos: “Veio a mim a Palavra do Senhor dizendo: antes que eu te formasse no ventre, te conheci e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta”, Jr 1.4, 5. “Mas quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe separou, e me chamou pela Sua graça” Gl 1.15. “Jesus subiu a um monte, e chamou os que ele quis…” Mc 3.13. “Paulo, servo Jesus Cristo, chamado para apostolo, separado para o Evangelho de Deus” Rm 1.1.

A Chamada eficaz para a liderança alcança o salvo onde e quando Deus achar conveniente. Com Paulo, foi na estrada de Damasco quando ia perseguindo a Igreja do Senhor. Com Moisés, foi no monte Horebe na visão da sarça ardente. Com Samuel, foi na Casa do Senhor. Com Pedro, André, Tiago e João foram às margens do Mar da Galiléia. Com Mateus, foi no local onde ele trabalhava, e assim por diante. Entendendo que a Chamada é divina, nós devemos orar como Jesus ensinou em Lucas 10.2, para que Deus envie obreiros para a Sua Seara, ou seja, levante lideranças firmes, vocacionadas e eficazes para o Seu trabalho.

Crê-Sendo

A idéia do evento é ativar o jovem mediante a força que tem. Cremos que o jovem é a força do Reino de Cristo. O solteiro vive para o Senhor e é intenso no que faz. Quando o jovem se dispõe, ele entende que sua fraqueza é a força nas mãos de Deus. Se movendo, ele descobre o chamado e vocação dada por Deus.

Pr. Gustavo Côrtes

Casais

Nos relacionamentos entre pais e filhos nos dias atuais, foram abandonados os princípios e valores eternos de Deus, e uma das conseqüências disso é a elevada taxa de gravidez precoce entre jovens e adolescentes.

Deus criou a autoridade paterna com a finalidade de proteger os corações dos filhos, e foi dado por Ele em sua Palavra, para nossa proteção. Este é um caminho eterno e uma vereda de Deus para que pudéssemos ter casamentos saudáveis.

Contudo, em nossa cultura, o homem usa sua autoridade não para proteger, mas para violar a sexualidade da mulher.

Quando os jovens decidem crer que essa dádiva que Deus colocou em suas vidas precisa ser guardada e protegida, passam a confiar que seus pais serão seus parceiros na escolha do cônjuge. Esta é uma escolha que os jovens cristãos que amam a Deus precisam fazer:

“Eu quero estar debaixo da autoridade de meus pais, pois creio que Deus os usará para proteger minha alma e ser a porta de meu coração e de minhas emoções.”

“Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível Dia do SENHOR; ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que eu não venha e fira a terra com maldição”. (Malaquias 4:5,6)

Mulheres

"(...) ensine as mulheres mais velhas a serem reverentes na sua maneira de viver, a (...) serem capazes de ensinar o que é bom. Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e seus filhos, a serem prudentes e puras, a estarem ocupadas em casa, e a serem bondosas e sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja difamada."

Tito 2:3-5

  • Como podemos conciliar casa e trabalho?
  • Como podemos ser a esposa e a mãe que nossos maridos e filhos precisam?

Em um tempo onde a mulher perdeu o prazer de organizar sua casa, de cuidar do seu marido e a vigilância de seus filhos, onde o combate à ideologia de gênero nunca foi tão necessário, é preciso parar para rever valores, redefinir prioridades e analisar, a longo e curto prazo, as decisões que vem sendo tomadas.

Uma geração despersonalizada, depressiva, criadas por creches, babás, avós, que não se firmam na fé e não conseguem definir o que desejam para seu futuro, é reflexo, em parte, pela falta de definição do papel da mãe/esposa em sua casa.

É possível conseguir conciliar suas realizações pessoais e suas obrigações como esposa e mãe?

 

Prª Luciana Protázio 

Subcategorias